Pular corda emagrece bastante se você seguir essas 7 dicas

Considerado um dos exercícios que mais queima calorias, já que é possível eliminar até 600 calorias em 30 minutos, pular corda emagrece porque é um exercício aeróbico. Mas a atividade também fortalece os músculos superiores e inferiores, trabalha pernas e glúteos, e ajuda a combater a celulite e a osteoporose. Além disso, o sobe-e-desce sem parar e o impacto estimulam a circulação e o suor, eliminando mais rapidamente as toxinas do corpo.

7 dicas para tirar máximo proveito de pular corda:

1 – Dê saltos baixinhos, distantes do chão apenas o suficiente para que o cordão passe por baixo dos pés. No começo, é comum a tendência em pular muito alto ou exagerar nos movimentos de braços, o que acaba cansando muito e fazendo desistir logo.

2 – Naturalmente, o exercício exige que todos os músculos sejam contraídos com muita intensidade para que executem todos os movimentos. Por isso, uma postura correta pode evitar lesões: mantenha o corpo sempre reto, olhando para frente.

3 – Comece a pular com os dois pés e, na hora de aterrissar, faça isso com a parte da frente dos pés. Pule com as pernas estendidas e aterrisse com os joelhos dobrados.

4 – Depois, pule com a corda alternando as pernas e elevando os joelhos e faça 60 repetições. Quando se sentir confiante, pule com uma perna só e depois com a outra e faça 30 repetições em cada perna.

5 – Mude o ritmo, usando o método intervalado: pule 30 segundos em nível leve (com velocidade baixa), seguidos de outros 30 segundos moderados (aumentando um pouco o ritmo) e mais 30 segundos fortes (girando em velocidade rápida). Depois disso, descanse e comece outra vez, até completar 10 minutos (iniciantes), 20 minutos (intermediários) ou 30 minutos (avançados).

6 – Acerte o comprimento da corda, de acordo com sua altura. Pessoas de até 1,50 metros, devem usar corda de cerca de 2,45m. Para quem tem de 1,50m a 1,80m acorda deve ser de cerca de 2,65m. Acima de 1,80m, a corda de 2,85m. Em pé, pise sobre ela e segure as extremidades. As extremidades devem alcançar sua cintura.

7 – Antes e depois da aula é essencial se alongar para evitar lesões e dores. Assim como no começo é importante aquecer os primeiros pulos. Reduza o ritmo das puladas finais, fazendo um desacelerando de ‘esfriamento’. Depois, realize, pelo menos, cinco minutos de um alongamento básico, privilegiando os músculos da panturrilha, coxas e glúteos.

Autor: Portal Herbalife

Compartilhe esse post
468 ad